Pergunte ao Doutor! Dúvidas sobre a pílula anticoncepcional

01 novembro, 2013
Olá meninas(os), tudo bem?

Hoje temos o primeiro post, de algumas dúvidas enviadas para o Dr. André França. As perguntas vêm sendo separadas de acordo com o tema, para facilitar a abordagem e entendimento de vocês. Tem alguma dúvida relacionada a sua saúde?
Envie um e-mail para casarembrasilia@gmail.com



1.   Prezado Dr. André, primeiramente gostaria de parabenizar o trabalho realizado neste blog, achei bastante interessante.
Bom a minha dúvida é sobre troca de anticoncepcional. Tenho 21 e tomo mesigina a 2 anos, só que quero trocar de anti pois não aguento mas ver agulha. Nesse sentido tenho muitas dúvidas sobre qual seria melhor para mim, a mesigina foi um ginecologista que receitou só que eu estou com probleminhas de espinha e cravos.
Vi na internet que o Elani Ciclo é muito bom, só que se assemelha um pouco ao ciclo 21. Qual dos dois é melhor?
Outra coisa e se for para trocar como proceder pois tomo o anti mesygina todo dia 27.
Fico no aguardo,

Silvana

Silvana, existem várias perguntas que devem ser feitas a paciente que farão o médico optar por esse ou aquele anticoncepcional em consulta médica.
Nessa consulta é possível constatar a presença de doenças como varizes, hipertensão, hepatopatias, síndrome dos ovários policísticos e muitas outras doenças que podem interferir na escolha do anticoncepcional ideal, nesse mercado com tanta diversidade de hormônios e formas de administração.

As informações dadas a uma paciente para ajudá-la a fazer a escolha do seu método contraceptivo devem incluir, no mínimo, o seguinte:
-       - A compreensão da eficácia relativa do método;
-       - O uso correto do método;
-       - Como ele funciona;
-       - Efeitos colaterais comuns;
-       - Riscos e benefícios do método para a saúde;
-       - Sinais e sintomas que necessitariam de um retorno ao médico;
-       - Informações quanto ao retorno a fertilidade após a interrupção do uso do método;
-       - Sobre prevenção das doenças sexualmente transmissíveis.

De qualquer forma, vamos bater um papo sobre as suas perguntas:

1 – Troca de anticoncepcional
Pude perceber que você quer trocar um método injetável por um de uso oral. Nesse caso, após a escolha durante a consulta do contraceptivo oral, você deverá iniciar no primeiro dia da menstruação.
2 – Pele com espinhas e cravos
Atualmente, existem contraceptivos orais que possuem na sua fórmula progesterona que amenizam esses sintomas.
3 – Contraceptivos Ciclo 21 x Elani Ciclo
A maioria das pílulas possuem em sua fórmula estrogênio e progesterona.
O Ciclo 21 é uma pílula que contém doses de estrogênio maiores e progesterona mais antiga.
O Elani Ciclo possui doses menores de estrogênio associado a progesterona mais moderna que melhoram a pele e diminui a retenção de líquido.


2. Olá Dr André! Meu nome é Juliana e sou casada há 3 anos. Gostaria de saber em quanto tempo posso engravidar após para de tomar o anticoncepcional? 

Juliana, o retorno da fertilidade é imediato em todos os métodos contraceptivos, com exceção, da injeção de acetato de medroxiprogesterona de depósito (AMPD) e o implante de enantato de noretisterona (NET-EN), cujo tempo de retorno médio da fertilidade nesses métodos é de 10 e 6 meses, respectivamente.
Lembrando que a vasectomia masculina e a laqueadura tubária feminina devem ser vistas como métodos permanentes.


O Dr. André é frança é formado pela Universidade de Brasília - Unb em 2000, tem especialização (Residência Médica) em Ginecologia e Obstetrícia pelo Hospital Universitário de Brasília (2001-2003). tulo de especialista em Ginecologia e Obstetrícia conferido pela FEBRASGO - TEGO 679/03, registrado no CRM-DF e Membro da Sociedade Brasileira de LASER em Medicina e Cirurgia

Todas as dúvidas sobre que exames realizar antes de casar, sobre planejamento familiar e gravidez, estética íntima, DST's, entre outras coisas, só enviar sua dúvida para casarembrasília@gmail.com, que responderemos aqui com confidencialidade, se necessário!

Nenhum comentário:

Casar em Brasília © Copyright 2013. Desenvolvido por Vivi Art’s Design.